28 de fevereiro de 2016

Os Dez Mandamentos do Professor - por Leandro Karnal

O professor Leandro Karnal sempre nos surpreendendo... agora ele nos presenteia com uma pequena reflexão na Revista Pazes sobre a práxis do professor, por meio da metáfora dos Dez Mandamentos de Moisés...

prof Leandro Karnal
A sabedoria do mais influente legislador do Ocidente, Moisés, sintetizou uma concepção de mundo em Dez Mandamentos. Como bom educador, o ex-príncipe do Egito sabia que longos códigos são de difícil acesso. Curioso notar que constituições muito breves, como a norte-americana, passam dos dois séculos e constituições prolixas, como todas as brasileiras , caducam em prazos muito curtos.
Inspirados neste exemplo, elaboramos os Dez Mandamentos do Professor. Estes dez mandamentos são fruto de uma experiência particular e não se pretendem eternos ou válidos em qualquer ocasião. Gostaria apenas de fornecer a colegas, como você leitor, uma reflexão particular, que possa ser aprofundada, reinterpretada ou rejeitada de acordo com a sua experiência.
 Veja a matéria completa clicando aqui

14 de janeiro de 2016

Por que tão poucos querem ser professor no Brasil?

Apesar desta pesquisa não ser nova (2009) , as condições apresentadas ainda se mostram bastante recentes.... retomando antigos escritos, me deparei com ela e resolvi compartilhar já que percebi que ela não havia sido mencionada por aqui.
Para os educadores, um excelente instrumento para nos apropriarmos de como este quadro tem se configurado e conjecturar previsões para um futuro próximo....



Para jovens do Ensino Médio prestes a decidir o que vão seguir como profissão, a carreira de professor é uma das menos atraentes

AUTORIA: FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA | 2009


Apenas 2% dos jovens que cursam o 3º ano do Ensino Médio pretendem cursar Pedagogia ou alguma Licenciatura. As informações vêm do estudo realizado em 2009 pela Fundação Victor Civita (FVC) em parceria com a Fundação Carlos Chagas (FCC) e com patrocínio da Abril Educação, do Instituto Unibanco e do Itaú BBA. A pesquisa ouviu 1.501 alunos em 18 escolas públicas e particulares de oito cidades.

Apresentados pela pesquisadora da FCC e supervisora da pesquisa FVC/FCC, Bernadette Gatti, os resultados apontam dados alarmantes sobre a docência no país. Para ela, o objetivo da pesquisa é entender, de fato, a percepção dos jovens sobre a profissão. O Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Paulo Renato de Souza, ressalta a importância do estudo: "Temos que mudar não só a formação, mas a atratividade da carreira".

21 de outubro de 2015

15 de outubro de 2015

Quer fazer uma coisa bacana?



Faça a Oficina de Ensino Híbrido na HUB ESCOLA! 21/10 às 19h!


Você sabe o que é inovação disruptiva? Ensino Híbrido? Blended Learning? O Ensino Híbrido, também conhecido como Blended Learning, é uma modalidade de ensino que privilegia a autonomia da aprendizagem do aluno, de forma a alternar momentos em que ele estuda sozinho ou em grupo, por meio de situações de aprendizagem mediadas pelo professor. Para tanto, o Ensino Híbrido utiliza diferentes ferramentas, digitais e analógicas, de forma a atender as demandas atuais dos alunos do século XXI.

Traga seu notebook e venha desvendar esses mistérios em uma oficina preparada para você aplicar em sala de aula!

Propósito

Conhecer o que é inovação disruptiva e reconhecer maneiras de aplicá-la no seu cotidiano de sala de aula.

Para quem é

Educadores e Professores de Fundamental II, Ensino Médio e Superior

Abordagem

Os inscritos participarão de vivências sobre metodologias inovadoras para aplicação em sala de aula por meio de uso de tecnologia.


Saiba mais aqui!

Facilitador

Elizabeth Fantauzzi – inquieta, ativa, curiosa… É graduada em Comunicação Visual, Educação Artística e Pedagogia, mestre pela UNESP em TV Digital: Informação e Conhecimento e pósgraduada em Design de Multimídia e Gestão em Educação a Distância.

2 de setembro de 2015

As escolas e as fábricas....



A escola do ano 2000 imaginada pelos ilustradores franceses Jean Marc CotÍ e Villemard em 1899
A escola de massas, onde um professor ensina ao mesmo tempo e no mesmo lugar dezenas de alunos, nasceu com a revolução industrial mas chegou ao século XXI. Em dois séculos, mudaram os estudantes, mudou a sociedade e mudou o mercado de trabalho. Quando mudará a escola?
Essa é a pergunta da educadora portuguesa CATARINA FERNANDES MARTINS que fala, em seu texto, do dia e da possibilidade de revertermos a sala de aula e, por consequência, a escola.

Leia a continuidade deste texto clicando aqui....


20 de agosto de 2015

Metodologias de ensino: ontem e hoje

Aprendizagem Baseada em Projetos, Ensino Híbrido ou Design Thinking, entre outras. Há alguma semelhança entre as propostas atuais e as já conhecidas dos séculos passados? Certamente.

As propostas e objetivos das novas metodologias de ensino têm ligações ou semelhanças com as do passado? Em 1932, Anísio Teixeira, Lourenço Filho Fernando de Azevedo foram líderes e signatários de um manifesto – o “Pioneiros da Educação”, criticado pela ingenuidade e aclamado pela inovação – que propunha mudanças na educação brasileira.

Essas propostas, no que tange ao viés pedagógico do documento, tinham vinculações com a Escola Nova – movimento do final do século 19 adentrando o século 20 – que, entre outros itens, se baseava no aluno como centro da aprendizagem; em trabalhos manuais; experimentações e em um aprendizado mais significativo.

3 de agosto de 2015

Inverter a lógica da sala de aula tradicional?

Educar as novas gerações de alunos hiperconectados é um desafio que a professora universitária Elizabeth Fantauzzi conhece bem. Além de prestar assessoria na área de Tecnologia e Educação, Elizabeth coordena o ambiente virtual de aprendizagem eprofessor, voltado para a formação de professores e cursos sobre o uso da tecnologia na prática docente. 

Confira a entrevista que ela concedeu ao Instituto Embratel Claro, sobre as TIC na Educação e o ensino para a nativos digitais.

Elizabeth Fantauzzi e o Portal Instituto Claro
Clique aqui para acessar!

27 de maio de 2015

8 anos de eprofessor - 2007 - 2015

No dia 17 de Maio, completamos 8 anos no ar!!!! Entre idas e vindas, cá estamos nós, firmes e fortes! Devo dizer que não é fácil! :)
Parabéns, queridos professores, educadores de todas as áreas, idades e perfis! Muitos anos mais para nós!

Conheçam o site eprofessor.com.br , o ambiente de cursos Moodle eprofessor.com.br/moodle , o FB eprofessor e o nosso Twitter... que você poderá acompanhar nas colunas da direita....

Vamos em frente, acreditando na Educação!




Obsolescência da Educação - por Manuel Castells

A lucidez de Castells neste vídeo entrevista, sobre as relações de poder, informação e escola... Um pouco deste pensador contemporâneo!



Quer ir a fundo? Compartilho o livro de Castells - A Galáxia da Internet - basta clicar aqui e baixar!

Bons estudos!

26 de maio de 2015

Letramento Digital - Leitura de IMAGENS

Gentemmmm! 

Vejam que interessante este especial multimídia elaborado pela Plataforma do Letramento com a assessoria da professora Lucia Santaella (já citada aqui várias vezes!) professora da PUC-SP, sobre leitura de Imagens.


"Nosso cotidiano está cercado de imagens dos mais diversos tipos, origens e finalidades, acompanhadas ou não de textos escritos ou de outras linguagens: fotografias, vídeos, gravuras, histórias em quadrinhos, placas, avisos, logomarcas, games, anúncios publicitários. As variedades são inúmeras e cada vez mais acessíveis a uma quantidade maior de pessoas.
Nesse contexto, surge a importância de reconhecer a imagem como uma linguagem e compreender suas especificidades. Mas será possível “ler imagens”? Quais são os principais elementos dessa linguagem? E de que modo é possível formar leitores capazes de construir relações de sentido entre texto escrito e imagem?"
Neste material multimídia, diferentes relações entre imagem e escrita, para subsidiar desenvolvimento de habilidades em ler imagens, ou seja: observar aspectos e traços constitutivos dos diversos tipos de imagem com que convivemos. 

Clique aqui para navegar!

Você não vai ficar de fora dessa, vai? ;)

50 ferramentas para professores

Mais uma lista de ferramentas publicadas pelo GUIA DE EDUCAÇÃO - Canal do Ensino...

Sem desculpas, professor! Acesse e comece a inovar nas suas aulas, incorporando tecnologia no seu planejamento!

Aplicativo? Já pensou em criar o seu?

O site Fábrica de Aplicativos permite o exercício de criação de um aplicativo "de verdade" sem a necessidade de programação. Ainda que com ferramentas limitadas, é possível fazer bons trabalhos de criação com a plataforma, permitindo aos alunos experimentarem uma temática pertencente ao universo deles, bem como perceber que criar um aplicativo que tenha relevância no meio não chega a ser uma tarefa fácil.

Nas palavras da plataforma:

"A Fábrica de Aplicativos é uma ferramenta simples que permite que pessoas possam criar apps sem programação e sem nenhuma linha de código. Legal, né? Com a nossa plataforma, você pode imaginar, criar conteúdo e publicar um aplicativo em poucos minutos — mesmo sem nunca ter feito isto anteriormente."

Fábrica de Aplicativos


27 de fevereiro de 2015

Curso OnLine Panoramas e Tendências Tecnológicas na Educação

Quem é aluno e já nasceu sob o domínio da rede virtual transita naturalmente nessas novas formas de aprender, mesmo sem saber qual é o nome que se dá para tudo isso.

Para favorecer a formação dos educadores, a Escola Viva, através do Revoada – núcleo de formação de novos projetos - vai oferecer, a partir de 04 de março, um curso online ministrado pela assessora de Tecnologia Educacional, Elizabeth Fantauzzi.
Aberto a todas as pessoas que atuam na área de Educação!

Saiba mais: http://goo.gl/dx1xn1

Inscreva-se:

http://www.escolaviva-contato.com.br/j25/

Estou te esperando.... ;)

11 de fevereiro de 2015

Scoop It!

Scoop iT!
Pessoal, quanto tempo.... entrei aqui para pegar uma informação e fiquei com saudades...preciso retomar minhas escritas! Para este momento não passar em branco, sugiro aqui uma ferramenta fundamental para o professor - o SCOOP IT! Conheci essa ferramenta em uma palestra do Pierre Levy sobre Cyber Democracia, aqui no SENAC SP.... (Quer assistir a palestra? Está gravada... Clique aqui!) 

Para o professor a Scoop iT! é fundamental,  pois serve como uma agregadora de informações e ele acaba se tornando um "curador de informações"... Ela é gratuita e você não precisa instalar nada... tudo online. Se quiser ampliar seu uso, você poderá optar pelo plano profissional - $$... mas eu uso o gratuito e já me serve muuuuuiiiitooooo bem!

Veja um exemplo do Scoop iT! em funcionamento do eprofessor clicando aqui.

Saiba mais sobre a Ferramenta, clique neste link!

Conheça a ferramenta http://www.scoop.it/

10 de março de 2014

Noah - Curta Metragem - Adolescência e o Meio Virtual

Tela inicial de Noah
Noah, premiado no TIFF 2013 - Festival Internacional de Cinema de Toronto – (Toronto International Film Festival) mostra o cotidiano de um adolescente prestes a entrar na Universidade - Noah - de 17 anos por meio da tela do seu computador. Os estudantes canadenses Walter Woodman e Patrick Cedeberg gastaram apenas (?) U$ 200 e trabalharam essencialmente com webcam e celulares o que nos aproxima muito da narrativa e do que está sendo vivido e representado na tela, fazendo com que percorramos um caminho interessante e ao mesmo tempo aflitivo. Em momento algum, Noah deixa a tela do seu computador trazendo à tona reflexões fundamentais para o nosso (meu, seu, dos alunos) cotidiano virtual. 

O filme não está traduzido e foi retirado das grandes redes, mas é possível assisti-lo online no link abaixo. Mas quem é adepto ao meio virtual não terá dificuldade em entender.... Rende boa discussão!


Mais sobre Noah....no site Literatortura.com



26 de fevereiro de 2014

Mais de 60 livros, manuais e cartilhas sobre cultura digital, mídias e educação

http://blog.midiaseducacao.com/
É sempre uma grande alegria ver que cada vez mais, profissionais, professores, pesquisadores e teóricos da área compartilham suas ideias por meio de e-books gratuitos para download. 

No blog MídiaEducação (já comentado aqui, inserido nos favoritos e indicado em outros posts), uma lista de 60 livros, manuais e cartilhas sobre cultura digital, mídias e educação. É para deitar e rolar na leitura.... :)

Materiais que são verdadeiros cursos, oferecendo formação continuada de primeira linha.... quer saber mais? Clique no link abaixo e divirta-se.... 



No mesmo blog MídiaEducação, uma bibliografia com textos majoritariamente on-line sobre blogs e educação. 

Veja aqui.... Blogs e Educação

16 de janeiro de 2014

Projeto Didático - tire suas dúvidas

Você sabe o que é um projeto didático? Já tentou desenvolver algum projeto com seus alunos?

Os projetos não são novidade e em uma determinada época, ficaram na pauta de muitas reuniões pedagógicas e serviram de temas para discussões acaloradas e experimentações pedagógicas. Fato é que ainda hoje, poucos são os professores que se aventuram em realizar um projeto junto aos seus alunos.

A ideia de Pedagogia de Projetos foi criada no início do século passado pelo educador John Dewey que tomou por base a concepção de que “educação é um processo de vida e não uma preparação para a vida futura”. Ou seja, a escola deve representar o agora, a vida prática dos alunos, a sociedade que eles enfrentam hoje, representando uma ponte entre o que ocorre dentro e fora da escola.

Um projeto é um procedimento de ensino que parte de uma situação problema, que integra e articula várias mídias e conteúdos curriculares, resultando em algo concreto - um vídeo, um artigo, um objeto..... imprimindo na aprendizagem um caráter construcionista (o termo refere-se à construção de conhecimento baseada em uma ação que produz algo palpável de interesse pessoal de quem produz).

A Revista Nova Escola publicou uma matéria que esclarece os principais pontos ao planejar e preparar um projeto didático efetivo.
Projeto didático é um tipo de organização e planejamento do tempo e dos conteúdos que envolve uma situação-problema. Seu objetivo é articular propósitos didáticos (o que os alunos devem aprender) e propósitos sociais (o trabalho tem um produto final, como um livro ou uma exposição, que vai ser apreciado por alguém).
Leia a matéria acessando o link: http://goo.gl/IvCHo

*Se quiser saber mais, leia um artigo interessante sobre Pedagogia de projetos de Maria Elisabette Brisola Brito Prado, que apesar de seus 10 anos de publicação, mantém-se bastante atual e elucidador.  

http://www.eadconsultoria.com.br/matapoio/biblioteca/textos_pdf/texto18.pdf

13 de janeiro de 2014

Mais ferramentas para professores!!!

Nem bem começou o ano letivo de 2014 e já estamos animados! Várias publicações em relação às novas práticas que devem ser incorporadas no cotidiano do professor! Vamos à mais algumas ferramentas indicadas... é meu caro, não tem jeito.... não dá para ignorar esse movimento, não é mesmo?

O  Edublog publicou mais ferramentas e intitulou o post de Edublog Awards em uma referência às premiações no mundo da publicidade, música e cinema. Algumas batem com a lista do post anterior, outras já foram exaustivamente utilizadas e aconselhadas por mim mesmo aqui no eprofessor, outras precisam ser ainda exploradas. Mas não faz mal! Como disse e reforço, nunca é demais... até por que, muitas vezes achamos que aquela ferramenta não será útil na hora em que a conhecemos e só vamos ver utilidade no seu uso tempos depois.... sendo assim, aproveitem mais esta lista disponível .... :)
Best Free Education Web Tool 2013 - Edublog Awards

50 ferramentas online para professores


Quer conhecer 50 ferramentas online para professores? O blog.educabilia.com listou-as para você, dividindo-as em 5 categorias: 
  1. encontrar recursos educativos, 
  2. criar recursos pedagógicos, 
  3. criar cursos online, 
  4. gerir aulas virtuais e interagir com os alunos, 
  5. criar questionários online e corrigir trabalhos. 
Pode ser que você já conheça algumas, mas nunca é tarde para reforçá-las, não é mesmo?
Confira! 

29 de novembro de 2013

Google lança o YouTube Edu

No dia 21 de Novembro de 2013, foi anunciado o lançamento do novo canal educativo da Google - o YouTube Edu. Estão disponíveis aproximadamente 8 mil vídeos para Ensino Médio em diversas áreas de conhecimento - Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Matemática. A responsável pelo projeto no Brasil e pela seleção das vídeoaulas éi a Fundação Lemman.
A participação dos professores é aberta, portanto se você tem algo que queira colocar no YouTube Edu, basta submeter à avaliação dos organizadores do projeto. Para tanto, acesse o site do projeto e preencha o formulário clicando na aba  "Faça parte do YouTube Edu". Insira uma descrição detalhada sobre seu conteúdo, link do canal e uma pequena justificativa sobre o porquê seu vídeo deve participar do canal educativo.

Conheça o projeto clicando aqui e assista ao vídeo explicativo.